domingo, 30 de setembro de 2012

Carta para Hebe Camargo



Hebe,

Eu tomei um tiro ontem. A notícia do seu falecimento me chocou tanto, mas tanto... Incrível... Ontem ao acordar cantei: “Pense em mim, chore por mim, liga pra mim...” e te vi cantando isso à tarde. Foi demais para mim. Foi como ter uma sobremesa na mão e não querer comê-la. O Brasil inteiro está assim! O Brasil hoje chora a falta do teu sorriso e do teu carinho.
Se eu fosse famosa e artista, queria que apenas já tivesse um sonho realizado, de me sentar no seu sofá e bater um papo bem divertido com você. E se esse dia realmente acontecesse... Ah... Se acontecesse, eu me atreveria até a receber o seu selinho, e até mesmo a gritar: “Vida longa à Rainha Hebe!” Seria mágico.
Enquanto escrevo esta crônica, eu vejo Celso Portiolli falando de você, chorando a sua partida, e nem eu mesmo, que não tive a oportunidade de ver, abraçar, sorrir e sentir a sua energia... Não consigo conter as lágrimas, não dá. É já a saudade do: “Boa Noite Brasil!” “Linda de viver!” “Gracinha!”. É a saudade das nossas segundas-feiras à noite, que você aparecia para brilhar, já no começo da semana! E era exatamente isso que você fazia, brilhava, brilhava como fogos de artifício, como estrelas, muitas estrelas! “Vida longa à Rainha Hebe!”
Você era tão doce! E você derramava doses e mais doses de amor e felicidade pelo mundo todo.É bom saber que você aproveitou a vida como ninguém. É bom saber que você será uma eterna estrela. É bom saber que Deus precisa de você junto dele agora. Acho que Deus quer tua alegria no céu. Porque eu tenho certeza de que você aqui na Terra foi sorriso de Deus para o mundo!Vida longa à Rainha Hebe!”
 A partir de hoje você passou de apresentadora para telespectadora do mundo inteiro. Agora, você poderá descansar e rogar por nós que continuamos aqui embaixo. Infelizmente, você partiu sem se despedir, mas nós sabemos que precisam de você lá em cima, e sabemos o porquê. O céu precisa de ti, para que possas nos iluminar sendo estrela! “Vida longa à Rainha Hebe!”


quarta-feira, 5 de setembro de 2012

GIVE MY HEART A BREAK







Nunca fui muito fã de Demi Lovato, eu achava sua voz insuportável, e suas músicas sem pé nem cabeça, até que por uma reviravolta do destino dela, fez com que as suas letras ficassem mais agradáveis de escutar.  
Um belo dia, eu estava escutando rádio e tocou a música “Give your heart a break”, enquanto eu a escutava eu ia me identificando com as partes que entendia, então quando chegando em casa busquei com uma única frase a música que tinha escutado. Bom, para minha surpresa era Demi Lovato. Mas ainda assim continuei escutando e aprendi a cantá-la.  É algo que sempre acontece conosco. Quando um relacionamento tem um fim, nós dizemos que não vamos nos apaixonar, apenas por medo. Ouvimos um grande silêncio dentro de nós.
Sempre tem alguém que quer dar um tempo ao nosso coração, mas acabamos ficando longe dessa pessoa ainda que estejamos tão perto dela, é como se ela não passasse no teste. Mas como perceber que há pessoas que não são como o resto do mundo?
Como perceber que alguém não quer partir o nosso coração, que quer dar um tempo a ele? Como perceber que tudo o que sentimos é medo? Como perceber que nosso coração precisa de um tempo? Como perceber que já está na hora de viver a nossa única vida? Como perceber que esse alguém não vai nos ferir? Como perceber?
E nós sentimos assustados ainda que tenhamos apenas uma vida para viver, que não temos tempo para esperar. As pessoas percebem em nossos olhos que tentamos sorrir, não podemos disfarçar, e sempre existe alguém que não quer partir o nosso coração, mas pode aliviar a dor, é só perceber que ela está bem aqui.
Eu preciso dar um tempo ao meu coração. E você?