quarta-feira, 5 de setembro de 2012

GIVE MY HEART A BREAK







Nunca fui muito fã de Demi Lovato, eu achava sua voz insuportável, e suas músicas sem pé nem cabeça, até que por uma reviravolta do destino dela, fez com que as suas letras ficassem mais agradáveis de escutar.  
Um belo dia, eu estava escutando rádio e tocou a música “Give your heart a break”, enquanto eu a escutava eu ia me identificando com as partes que entendia, então quando chegando em casa busquei com uma única frase a música que tinha escutado. Bom, para minha surpresa era Demi Lovato. Mas ainda assim continuei escutando e aprendi a cantá-la.  É algo que sempre acontece conosco. Quando um relacionamento tem um fim, nós dizemos que não vamos nos apaixonar, apenas por medo. Ouvimos um grande silêncio dentro de nós.
Sempre tem alguém que quer dar um tempo ao nosso coração, mas acabamos ficando longe dessa pessoa ainda que estejamos tão perto dela, é como se ela não passasse no teste. Mas como perceber que há pessoas que não são como o resto do mundo?
Como perceber que alguém não quer partir o nosso coração, que quer dar um tempo a ele? Como perceber que tudo o que sentimos é medo? Como perceber que nosso coração precisa de um tempo? Como perceber que já está na hora de viver a nossa única vida? Como perceber que esse alguém não vai nos ferir? Como perceber?
E nós sentimos assustados ainda que tenhamos apenas uma vida para viver, que não temos tempo para esperar. As pessoas percebem em nossos olhos que tentamos sorrir, não podemos disfarçar, e sempre existe alguém que não quer partir o nosso coração, mas pode aliviar a dor, é só perceber que ela está bem aqui.
Eu preciso dar um tempo ao meu coração. E você?


2 comentários:

  1. Viver é complicado e viver uma paixão ou um amor é mais complicado ainda, porém, viver sem se apaixonar é chato. A paixão alimenta a alma. Infelizmente não há uma fórmula de como seguir os passos do sucesso no amor, a única solução é tentar, se arriscar, ousar se apaixonar. No fim das contas descobrimos em cada paixão um pouco de nós mesmos e isso nos completa. Parabéns pelo post. Monya :)

    ResponderExcluir
  2. Bela, estou encantada em ver o quanto vc amadureceu... pena que não acompanhei esse processo. Queria muito estar perto de vc e fazer parte da sua vida. Gosto muito de vc pequeninina!! Saudades!! Aaah, como sempre, vc arrasou "Pedro Bial de saias" kkkkk.

    ResponderExcluir